A aventura da bicicleta

Não fosse a possibilidade de alugar a bicicleta antes de comprar e as dúvidas ainda iam persistir por mais tempo. Mas os senhores da loja são simpáticos e praticam esta modalidade. E assim dei por mim a ciclar por Lisboa, ainda nos passeios e tal, mas já a pedalar. E que bom que está a ser, mesmo com alguma chuva.

Já comprei o cadeado, a bomba de ar e o capacete (um capacete de skater, preto).

E mesmo não tendo acabado ainda o fim-de-semana, posso dizer-vos que ando feliz. Ciclar é mesmo um prazer e agora já não preciso de esperar por Copenhaga para o fazer. Estão a ver que cosmopolita vos saí: ai e tal eu andar de bicicleta é mais em Copenhaga. Agora também o vou fazer em Lisboa e já ando a ver as ciclovias e os espaços mais agradáveis, onde possa levar a pita também.

É claro que Lisboa tem muitas subidas… mas a isso também correspondem belas descidas. E se ontem subi ao Bairro Alto em esforço e com ela pela mão mais de metade do caminho, também o desci com o vento nos (raros) cabelos. E alegremente passo por muitos outros ciclistas. Portanto vamos lá a deixar o preconceito e pedalar em Lisboa. Ao fim de algumas subidas já o percurso Cais-do-Sodré : Campo Grande será uma brincadeira de crianças.

E pronto… vou almoçar e dar mais umas pedaladas por aí que isto sabe mesmo bem.

3 Replies to “A aventura da bicicleta”

  1. Também estou a começar a usar a bicicleta em Lisboa, no meu caso para as deslocações diárias para o trabalho. Tenho também uma bicicleta dobrável!

    Aos poucos a coisa torna-se mais fácil… Mas nas primeiras vezes o trânsito pode ser assustador.

    Deixo só um pequeno conselho, que é o de transportares sempre contigo uma câmara de ar suplente e umas alavancas próprias para conseguires desmontar os pneus e trocar a câmara de ar se tiveres um furo. Depois de alguma prática isto pode ser bastante rápido e pela minha experiência basta estar prevenido desta forma para que os furos deixem magicamente de acontecer. 🙂

  2. Já pensei nisso já. 🙂 E noutras coisas. De vez em quando a corrente salta e lá fico com as mãos todas #$%&$%&. Um pacote de toalhitas não é má ideia. Ou seja… uma mala com diversos para amarrar ao suporte.

Comments are closed.